Notícia

Chapecó com alto risco de transmissão de dengue, zika e febre de chikungunya

AGORA: Chapecó é um dos municípios de SC com alto risco de transmissão de dengue, zika e febre de chikungunya
Chapecó com alto risco de transmissão de dengue, zika e febre de chikungunya

O Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), divulgado nesta terça-feira (27), pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), da Secretaria de Estado da Saúde revelou que Chapecó é um dos 17 municípios (16,2%) infestados pelo mosquito, que apresentam alto risco de transmissão de dengue, zika e febre de chikungunya. 

Conforme a DIVE/SC, os dados do LIRAa também mostram que 58 municípios (55,2%) apresentam médio risco e 30 (28,6%) apresentam baixo risco de transmissão das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

Conforme definido na Estratégia Operacional do Estado de Santa Catarina, os municípios considerados infestados pelo mosquito devem realizar o LIRAa duas vezes ao ano. 

LIRAa

O levantamento inspecionou 90.788 recipientes que continham água parada, ou seja, potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti. A maioria era de pequenos recipientes móveis, como pratinhos de plantas e baldes (35,9%), seguido de lixo e sucata (27,7%) e dos recipientes fixos como calhas e piscinas (15,9%)

“Esses dados revelam o quanto todos temos que estar atentos ao ambiente. É preciso manter os quintais limpos e descartar corretamente o lixo. Apesar desses recipientes serem os mais comuns, não podemos esquecer também dos outros. É importante manter a caixa d’água fechada e as calhas limpas, por exemplo”, alerta João Fuck, diretor da DIVE/SC.

O objetivo do LIRAa é a identificação do tipo e a quantidade de depósitos encontrados que possam ser potenciais criadouros do mosquito nos imóveis vistoriados. A atividade foi desenvolvida pelo Ministério da Saúde (MS) em 2002, sendo realizada pelos municípios considerados infestados pelo Aedes aegypti. O levantamento é realizado por meio da visita a um determinado número de imóveis do município, onde ocorre a coleta de larvas para definir o Índice de Infestação Predial (IIP).

Fonte(s): clicrdc

Comentários

Últimas notícias

30 Jul
GERAL
Convocação da imprensa para live de Bolsonaro produziu fachada para uso indevido da TV

Convocação da imprensa para live de Bolsonaro produziu fachada para uso indevido da TV Brasil, afirma Malu Gaspar

30 Jul
GERAL
Pomar de pêssego vira ‘plantação de cristal’ em SC; veja vídeos

Pomar de pêssego vira ‘plantação de cristal’ em SC; veja vídeos

30 Jul
GERAL
Homem ‘vira fantasma’ após ser preso por furtar carro em Rio Negrinho

Homem ‘vira fantasma’ após ser preso por furtar carro em Rio Negrinho

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.