Notícia

Convocação da imprensa para live de Bolsonaro produziu fachada para uso indevido da TV

Convocação da imprensa para live de Bolsonaro produziu fachada para uso indevido da TV Brasil, afirma Malu Gaspar
Convocação da imprensa para live de Bolsonaro produziu fachada para uso indevido da TV

Jornalista Malu Gaspar aponta que, ao passar duas horas recorrendo a todo tipo de fake news para justificar fraudes eleitorais, Jair Bolsonaro ocupou a equipe e a grade da TV estatal para exibir conteúdos carregados de desinformação e sem nenhuma utilidade pública

 A jornalista Malu Gaspar, em sua coluna no jornal O Globo, afirma que “há várias formas de destacar o absurdo representado pela live desta quinta-feira promovida por Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada. A mais evidente é que, depois de mais de um ano prometendo apresentar provas de fraude nas eleições vencidas por ele em 2018, o presidente da República passou duas horas recorrendo a todo tipo de fake news para disfarçar o que ele foi obrigado a admitir: as tais provas não existem”. 

De acordo com a jornalista, “não menos importante, porém, é o fato de que o presidente ocupou a equipe e a grade da TV estatal para exibir conteúdos carregados de desinformação e sem nenhuma utilidade pública. Qualquer estagiário de direito sabe que ativos estatais não devem ser usados para fins particulares de quem quer que seja, muito menos do presidente da República, que deveria dar o exemplo”. 

“Dois procuradores da República com quem conversei ontem, durante o teatro bolsonarista, encontraram fácil na cena exibida pela TV Brasil motivos para processar Bolsonaro por abuso de autoridade e crime de responsabilidade”, diz ela. 

Ela destaca que “o presidente disseminou desinformação sobre a confiabilidade das eleições, atacou o Supremo Tribunal Federal, fez ameaças golpistas, convocou manifestantes para um protesto em favor do voto impresso e fez campanha eleitoral usando a máquina pública. Tudo no mesmo ato”. 

 

Fonte(s): brasil247

Comentários

Últimas notícias

24 Set
Política
Banco Central estabelece restrição para o uso do Pix a partir de outubro

Banco Central estabelece restrição para o uso do Pix a partir de outubro

24 Set
Política
Tribunal de Contas determina que Estado contrate outra empresa para administrar Samu em SC

Tribunal de Contas determina que Estado contrate outra empresa para administrar Samu em SC

24 Set
Política
SC libera shows e eventos a partir de outubro; entenda

SC libera shows e eventos a partir de outubro; entenda

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.