RC A Voz do Povo 87,9

Policial

mãe de um dos maiores traficantes de Chapecó é presa pela DIC

mãe de um dos maiores traficantes de Chapecó é presa pela DIC

mãe de um dos maiores traficantes de Chapecó é presa pela DIC
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) deflagrou nesta terça-feira (22), uma nova fase da Operação Imperadores, que cumpriu  mandados de buscas em três casas em Chapecó e em um apartamento na cidade de Porto Belo. Ainda durante a ação, foi apreendida uma quantidade de cocaína e munições. Uma mulher, mãe do principal investigado dos crimes, foi presa em flagrante. 

De acordo com a polícia, a Operação Imperadores se refere a investigação de tráfico de drogas ilícitas, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Os dois principais investigados, um homem, de 48 anos, e uma advogada, de 46 anos, responsáveis pela maior parte da cocaína distribuída no interior de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foram presos pela Polícia Civil de Santa Catarina no dia 21 de fevereiro, na primeira fase da operação. Nos últimos dias, o Poder Judiciário determinou a prorrogação das prisões dos envolvidos, que se encontram reclusos no Presídio de Chapecó.

Ainda segundo a PC, o nome da Operação Imperadores é uma referência à posição conquistada pelos investigados no tráfico de drogas da região, especialmente, a cocaína. Durante as investigações, apurou-se que eles seriam os responsáveis pelos 76 quilos de cocaína apreendidos em julho do ano passado em Chapecó, avaliados em mais de três milhões e quinhentos mil reais. O nome “Imperadores” faz alusão a outra operação realizada contra o mesmo casal, no ano de 2006, pela Polícia Federal, ocasião em que também foram presos pelo tráfico de sete quilos de cocaína. Tal operação recebeu o nome Imperador, pois, já naquela época, o investigado era tido como um dos principais fornecedores da droga. A DIC de Chapecó prossegue na apuração completa dos fatos, inclusive para a identificação de outros membros da organização criminosa.

Participaram da ação realizada nesta terça-feira, a Delegacia de Roubos e Furtos de Chapecó, Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Maravilha e o Núcleo de Operações com Cães de São Miguel do Oeste de São Lourenço do Oeste.

 

FONTE/CRÉDITOS: clicrdc
Comentários:

Veja também