RC A Voz do Povo 87,9

Agro

Preço do Suíno Vivo na região Sul mostrou novo retrocesso em maio

Preço do Suíno Vivo na região Sul mostrou novo retrocesso em maio

Preço do Suíno Vivo na região Sul mostrou novo retrocesso em maio
Imagem: Pixabay
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Os dados divulgados pela Embrapa através de sua Central de Inteligência de Aves e Suínos em relação a maio, mostrou que o preço médio do suíno vivo comercializado pelos suinocultores na região Sul apresentou retrocesso mensal e anual.

A comercialização pelos Estados indica que enquanto o Rio Grande do Sul e Santa Catarina apresentaram retrocesso, o Paraná conseguiu evolução na comercialização do animal.

No Estado Gaúcho o preço retrocedeu para R$4,99, significando quedas de 0,4% e 13,2% sobre abril último e maio de 2021, respectivamente. No Paraná o preço alcançou R$6,45, equivalendo a incremento mensal de 2,5%, mas apontando queda de 2,7% em doze meses. Em Santa Catarina o suíno foi comercializado por R$5,10, apontando quedas de 7,3% no mês e de 20,4% sobre maio do ano passado.

O resultado foi um preço médio regional de R$5,51, equivalendo a retrocessos de 1,6% no mês e de 12% em comparação ao recebido no mesmo período do ano passado. O acumulado nos primeiros cinco meses do ano atinge valor médio de R$5,57 e apresenta queda de 10,9% sobre o mesmo período do ano passado.

FONTE/CRÉDITOS: agrolink
Comentários:

Veja também