RC A Voz do Povo 87,9

Economia

Tentativas de golpes com PIX aumentam quase 1.200% no 1º semestre, mostra pesquisa

Tentativas de golpes com PIX aumentam quase 1.200% no 1º semestre, mostra pesquisa

Tentativas de golpes com PIX aumentam quase 1.200% no 1º semestre, mostra pesquisa
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Dados de um levantamento feito por uma empresa de cibersegurança mostraram 844.821 tentativas de golpes envolvendo o PIX de janeiro a junho deste ano.

Segundo os números apresentados pela Psafe, o aumento chega a quase 1.200%, já que no primeiro semestre do ano passado foram 65.433 tentativas de golpe.

O PIX caiu tanto no gosto do brasileiro que o número de transações cresceu 275% no primeiro semestre de 2022 em comparação com o mesmo período do ano anterior.

De janeiro a junho deste ano foram realizadas 8.247.165.611 operações, contra 2.307.611.468 no mesmo período do ano passado. Ou seja, as tentativas de golpe cresceram em ritmo mais elevado que a própria adesão à ferramenta do Banco Central.

Confira algumas dicas de segurança:

▪ Ao fazer um PIX, cadastre a conta recebedora no aplicativo do seu banco para evitar movimentações para chaves inseguras;

▪ Evite clicar em links para fazer uma transferência;

▪ Caso precise receber o PIX de uma pessoa desconhecida, envie uma chave aleatória;

▪ Use seu CPF ou dados pessoais apenas para pessoas que você conhece;

▪ Por fim, conte com uma solução de segurança capaz de identificar links maliciosos em tempo real no WhatsApp, Facebook Messenger, SMS e navegador, como o dfndr security. Essa solução também é eficaz contra o golpe do PIX e consegue detectar tentativas de clonagem no WhatsApp, emitindo um alerta sempre que alguém tenta acessar sua conta.

 

 
 

Com informações da CNN

FONTE/CRÉDITOS: oestemais
Comentários:

Veja também